Aviso

               

Utilizamos cookies para melhorar a funcionalidade do nosso site e melhorar sua experiência na web. Ao continuar a usar este site, você está consentindo em receber cookies. Para mais informações, visite nossa Política de Privacidade e nossos Condições de Uso.

OK

Após aprovação no Senado Federal, PL que atualiza o Marco Regulatório do Saneamento Básico aguarda análise pela Câmara

Após a perda de validade da MP 868/19, que caducou antes mesmo de ser votada pela Casa, o Plenário do Senado Federal aprovou, em votação simbólica realizada em 06/06/2019, o PL 3.261/19, que, assim como a referida MP, abre caminho para a exploração privada dos serviços de saneamento.

Em síntese, a proposta permitirá a licitação do serviço com a participação de empresas privadas e delegará à Agência Nacional de Águas – ANA a edição de normas que deverão estimular a livre concorrência e a sustentabilidade econômica. Segundo os Parlamentares, o Projeto, por um lado, melhorará o setor e dará maior cobertura à população, já por outro, dará margem para que as empresas tenham interesse em operar apenas nos grandes centros urbanos, onde a rentabilidade é maior.

Nesse sentido, todos entraram em um comum acordo para a aprovação, acordo no qual foram incluídas algumas emendas ao texto, das quais destacamos: (i) a garantia de que haverá a prestação dos serviços nas regiões mais afastadas do país, e a (ii) possibilidade de contratação de empresa estadual por dispensa de licitação, na hipótese de a licitação para concessão dos serviços ficar deserta ou sem viabilidade econômica que justifique a privatização.
Agora, o Projeto aguarda análise pela Câmara dos Deputados.

DATA DE PUBLICAÇÃO

3 de julho de 2019

Publicações Relacionadas

19 de abril de 2021

12 de abril de 2021

5 de abril de 2021